Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘esmalte da semana’ Category

Olá, flores do campo, como vão vocês?

Todo mundo sabe que há anos o Reinaldo Lourenço mantém uma parceria feliz com a Risqué que nos rende uma coleção de esmaltes toda SPFW. Normalmente, as mocinhas já ficam ouriçadas para saber quais serão as cores, mas dessa vez o marketing foi certeiro: vimos os vidrinhos mas tivemos que aguardar a revelação dos nomes. Finalmente a Risqué revelou as alcunhas dos esmaltes pelos quais nos mataremos em setembro:

Apresento-lhes: Meia Calça, Cigarrete, Vanguarda, Twiggy, Pop,Tubinho, Coque, Cintura Baixa.

Apresento-lhes: Meia Calça, Cigarrete, Vanguarda, Twiggy, Pop,Tubinho, Coque, Cintura Baixa.

Como ainda não podemos adquirir essas belezinhas e não tá fácil achar swatches, resta sonhar e apelar para os irmãos deles perdidos por aí. Eu já fiquei bem louca procurando o que eu poderia usar dentro da minha incrível maleta gigante e escrevi um guiazinho do que descobri pra vocês. Então segura minha mão e acompanha o Guia Secrets of Beauty de genéricos do Reinaldão:

(mais…)

Anúncios

Read Full Post »

Oi, meus xuxus! Como vão vocês?

O post de hoje é pra dividir as imagens de um presente muito legal que eu ganhei da @karinepi (brigada, flor de lis!) hoje: esmaltes Eyeko!!!

Acreditem vocês ou não, apesar de eu possuir uma coleção com 180 vidrinhos cheios de felicidade, ainda não tinha nenhum importado pra chamar de meu. Isso porque sempre me faltou a coragem de me agarrar ao cartão de crédito e pedir caixas de vernizes. Com tanta opção nacional bafônica, importar era como admitir a doença do esmalte pra mim.

Ai veio a lindona da @karinepi e me deu de presente os Eyeko. Olha, gente, não sei se vou conseguir me recuperar algum dia da vontade que tô de pedir a Eyeko inteira. Já tenho a linha de make quase completa em casa e amo cada uma dessas fofuras…e os esmaltes (que são minha maior paixão na vida) não ficam atrás! É tudo tão bom que vou dividir a análise em tópicos:

Cores

Ao contrário do que eu pensava, essas cores podem até ter alternativas nacionais, mas nunca vi nenhum irmão de pai e mãe nas prateleiras por aí. É CLARO que a gente sempre encontra uns primos, mas as mais observadoras percebem as diferenças de tom e acabamento.

– Cobertura

Gente, que que é essa pigmentação? Eu quero usar Eyeko pra sempre! A cobertura fica perfeita com duas camadas! Apaixonei, quero casar e ter filhos com esses esmaltes!!!

– Secagem

Demora básica, sabe como é? Eu não passei nada que pudesse acelerar a secagem por cima (pra poder ter uma idéia fiel) e minha unha ainda está pegajosa uns bons 15 minutos depois. Não é que não esteja seco, mas é aquela textura amassável, sabem?

Acho que isso é devido a viscosidade maior. Nós sabemos que os importados tem fórmula diferente dos nacionais porque na gringa os esmaltes não podem ter componentes que causem alergia. Por isso, se joguem nos top coats e sprays de secagem rápida.

– Aplicação e limpeza

Fácil, extremamente fácil. Achei um dos esmaltes mais tranqüilos de trabalhar que existem, porque é super fininho, puro amor! Me lembra a facilidade que sinto ao trabalhar com Colorama.

A coleção da Eyeko que mora na minha caixinha de manicure agora é essa aqui e chama-se Cult Classics. Vocês podem pedir por 25 doletas e ainda ganham um brinde cheio de loosho nos pedidos acima de dois produtos feitos com código de embaixadora. Eu amo a Eyeko e sou muito suspeita pra falar sobre eles, então, se me perguntarem sobre qualquer produto só digo COMPREM! Eles nunca me decepcionaram. E isso porque sou deveras resistente em levar pra casa produtos importados, só faço isso quando não tem versão nacional mesmo.

Quanto aos Cult Classics, eu já escolhi meu preferido que é o Vintage Polish. Mas o namorado achou que esse Indigo Polish é a cara da sedução e, como eu ando muito pastel ultimamente, cedi ao pedido dele.

E vocês, qual gostaram mais? Alguma felizarda proprietária de vidrinhos da Eyeko quer dividir a experiência? Comentem, meus amores, adoro ler as opniões de vocês!

Pra finalizar, mais uma fotinho de todas as cores, com a participação especial da Dominique, =P

Um beijo e até a próxima,

Debs!

Read Full Post »

Olá!

Eu sou a Debs e vocês podem me encontrar no Twitter como @manga_eyes. Já aqui no Secrets, as meninas me chamaram para falar sobre esmaltes… e o primeiro post é sobre misturinhas!

As misturinhas são um parto para algumas pessoas, mas não têm segredo nenhum. O que você tem que lembrar é de quando brincava de massinha na infância: às vezes você queria uma cor nova, misturava tudo na afobação e perdia a massinha toda, lembra?

Com esmaltes também é assim: o esquema é fazer tudo com muita paciência, pra não perder todo o vidrinho. Por isso, galera, é legal ter uma boa idéia do que você quer da sua nova cor antes de começar.

Pra exemplificar, eu fiz umas misturinhas lindonas, indicadas pelo Unha Bonita: transformar os manjadinhos Matte Fluors da Impala em pasteis de fundo néon, do jeito que a gente anda bem louca pra usar ultimamente.

Uma coisa que funciona muito bem é manter esmaltes básicos pra auxiliar, como Branco Pétala, Batida de Coco, Branco Puríssimo, Renda ou Paris. Aí os outros esmaltes funcionam para adicionar cor nessa base. Para escurecer de novo, equilibre com gotinhas de algum preto bem forte ou cinzas como o Arábia.

Eu, particularmente, gosto de manter a coleção Rendas do Brasil da Risqué pra usar em misturinhas. Isso porque essa coleção tem brancos com várias texturas e brilhinhos, podendo servir perfeitamente pra arrematar o acabamento que meu esmalte novo terá.

Um exemplo bacana nessas misturas que eu fiz é o do Shock Pastel (vamos chamá-los assim, hihihi?). Como achei que ele ficou muito próximo do Selene da B.U., pra dar uma diferenciada, eu usei como base o antigo (não sei se fabrica mais) Quartzo Rosa da Colorama, que tem uns brilhinhos bem discretos. O resultado é uma textura totalmente diferente e girlie! Isso é pra gente ver que receita de misturinha nem sempre sai do jeito que a gente quer, mas não é pecado dar um toque particular especial.

A Dani do Unha Bonita inventou um jeito bem fácil de ensinar a medida: contando em segundos enquanto o esmalte despeja. Alguns blogs ensinam as misturas por partes (1/3 disso, 1/3 daquilo) então é legal fazer tudo num vidro bem limpo, o que você pode conseguir com acetona. Na hora de misturar, não tenha medo de usar o palitinho de laranjeira pra “bater a massa”.

Então tome nota das dicas pra sua misturinha não dar errado:

–     Tenha sempre esmaltes básicos para misturinha: Brancos leitosos, Pretos bem escuros e Brancos translúcidos do tipo Renda (o tradicional), são básicos para chegar aos tons que você quer.

–     Foque em qual acabamento você quer na sua misturinha: leitoso, cintilante, com brilhinhos, translúcido…o esmalte de base branca que você usar é que vai ditar esse acabamento.

–     Caso a cor que você queira seja escura, não exagere no volume do branco de base, ou você nunca vai chegar no tom. Às vezes é melhor usar como base um acinzentado ou uma cor mais próxima da que você quer mesmo.

–     Tenha um palitinho de laranjeira limpo para ajudar: quando você despeja os dois esmaltes, eles não vão se misturar como água. Mexa com o palitinho, feche e chacoalhe bem.

–     Limpe com cuidado o vidro que vai receber a nova cor, com acetona.

–     Não exagere se precisar pingar óleo de banana, ou a mistura fica aguada!

De resto, só fica uma dica: a cobertura e o acabamento nunca ficam perfeitos, principalmente se você usa esmaltes de marcas diferentes. Não exija tanto de si mesma: se até a Impala, Big Universo e La Pogee, que tem fábricas enormes, vivem errando a mão e lançando esmaltes difíceis de trabalhar, num é a gente brincando de química em casa que não pode errar isso. Qualquer coisa é só tacar um roxinho da Avon, Cobertura Transformadora da Colorama ou um Matte Plus da Big que o acabamento se torna perfeito.

O orgulho é ver sua criação em suas mãozinhas depois, enquanto todo mundo te pergunta “Onde você comprou essa cor incrível?”. Sintam-se a vontade para responder que “Essa é EX-CLU-SI-VA”, haha.

Que tal vocês aproveitarem as dicas e fazerem misturinhas em casa? Fotografem tudo e mandem pra gente ver!

Beijão e até a próxima

Debs

Read Full Post »

Esmalte do momento

É o 206 da Hits.

Eu tinha prometido pra mim mesma não comprar mais esmaltes esse ano. Mas não dá, gente. Aquela Brilhantina é tentação demais! E pior que a gente foi lá buscar um esmalte pra uma amiga nossa. Eu e a Keilla saímos de lá com vários dinheiros a menos no bolso.

O esmalte é lindinho, mas ordinário. Foram duas camadas (não passei a terceira porque né, eram dez da noite de domingo), e ele ficou bem manchado – não tanto quanto o Glacial, da BU, mas ficou meio estranho. Quem sabe com 3 camadas, ou quando ele engrossar um pouquinho?

Mesmo assim a cor é super meiga e fofinha! Um verdinho água bem azulzinho… Viram? Só de passar o esmalte já tou toda meiguinha falando com diminutivos… Quero outras cores em tons pastéis (amarelo – oi, Keilla! -. lilás, azul) pra fazer meu inverno mais feliz =)

Read Full Post »